Como inovar dentro da sua loja usando o sistema de gestão da Logus?

Como inovar dentro da sua loja usando o sistema de gestão da Logus?

2 min de leitura

Engraçado como sempre que pensamos na palavra inovação a primeira coisa que vem à nossa mente é desenvolver, implementar ou usar mais tecnologia. Veja como usar um sistema de gestão para sua loja.

A questão é que inovar não tem necessariamente a ver com tecnologia. Na última década nos enfiamos em uma “bolha” ditada pelas grandes empresas de tecnologia e pela moda das startups e isso tem produzido um efeito indireto nocivo em nossa forma de pensar. Por vezes, fica parecendo que se não criarmos dentro de cada varejista um ambiente “startupeiro” tipo Magalu não estamos fazendo o suficiente.

Sistema de gestão para sua loja

Por vezes, fica parecendo que se nossos Softwares, sejam eles de ERP ou PDV, não estão rodando na linguagem mais moderna (do momento) não estamos acompanhando a concorrência.

Acompanhar tendências é importante? Claro que sim. Mas as tendências são bem vindas em ambientes críticos, como lojas de varejo? Temos nossas dúvidas.

Inovar com responsabilidade

Na Logus, optamos por inovar com responsabilidade. Em primeiro lugar sempre virá a rentabilidade de nossos clientes, mas a integridade dos nossos softwares e consequentemente as informações que eles geram para análise e tomada de decisões por parte da diretoria.

Dito isso, qual a jornada de inovação que recomendamos para nossos clientes? Bom, podemos dividir essa abordagem em 4 pontos:

  • Contratação e implementação de nossas soluções;
  • Virada das lojas;
  • Implementação do Pacote de Recursos e Processos Logus para Aumento de Rentabilidade comprovada;
  • Reinvestimento do lucro em novas tecnologias.

E onde recomendamos reinvestir o dinheiro? Simples.

  • Automação de Delivery com Aplicativo
  • Clube de Descontos e Benefícios com Aplicativo
  • Self Check Out
  • Venda Mobile
  • Análise e Inteligência de dados

Vejam que nosso processo é simples, fácil de entender, intuitivo. E rápido. A partir do momento em que um negócio é fechado é possível começar a falar em reinvestimento de lucros em 120 dias.

Essa abordagem de entrega de solução de software é totalmente incomum no mercado. Então, isso porque boa parte da nossa concorrência está focada em fazer produtos. Não estão comprometidos com o sucesso financeiro dos clientes. Estão comprometidos em fazer um produto “bonitinho”.
E podemos falar mais: se ofertar software como “SAAP” (Software as a Profit) ou, em português – software como lucro não é inovador, não sabemos o que é ser inovador então.

Deixe uma resposta