2 min de leitura
Escutar pode ser bem legal!

Ter o controle de todas as operações do seu supermercado garante a saúde do seu negocio. O recurso balanço comercial vem justamente para dar esse controle com informações precisas. Gestão de supermercados não é brincadeira!

Gestão de supermercados: qual a finalidade do recurso de Balanço comercial dentro da operação do seu supermercado?

A sua finalidade é prover um demonstrativo de resultados comparando despesas, receitas e o custo das mercadorias em um relatório simples e objetivo. O balanço comercial é muito poderoso, permite múltiplas e variadas configurações para atender as necessidades específicas de cada empresa.

Obs: A partir da versão 5 do Logus ERP está disponível o recurso balanço comercial.

Blocos do balanço comercial

Ele é dividido em três blocos: receita, custo das mercadorias vendidas e despesas. No bloco das receitas são consideradas todas as fontes de receitas da empresa detalhando entre vendas realizadas, saldo e variação do contas a receber, contas recebidas, deduções das receitas. Tudo isso acumulado no nível da forma de recebimento utilizada. Além de tudo com todas as operações de saída que o sistema permite.

Gestão de supermercados: custo das mercadorias vendidas

Já na formação do custo das mercadorias vendidas CMV. Pode se operar tanto baseado nas informações do relatório de análise de rentabilidade, quanto pelo margem de contribuição contábil. Esse último, é especialmente interessante porque ele tem o mesmo ponto de vista do contador. Então pode dar uma equiparação entre a informação que você está apurando no operacional com o que vai ser apurado lá na contabilidade.

Bloco das despesas na gestão de supermercados

Por último no bloco das despesas, trás de tudo o que foi pago no período informado, detalhando por classificação de despesa.

Também é incluído todas as operações de acréscimo, o desconto financeiro ocorridos nas ações do contas a pagar.

Uma das possibilidades mais importantes desse recurso, é ter a opção de adicionar nesse bloco, a possibilidade de fazer o rateio das despesas entre lojas e seu respectivo parcelamento por diferentes períodos.

Exemplo prático de gestão de supermercados.

Por exemplo uma despesa de IPVA. Você paga sempre em janeiro o imposto de um veículo utilizado por toda a empresa. O mais interessante é poder deixar contabilizado durante todo o ano. Ao longo dos doze meses do ano, e também ser rateado entre todas as lojas que vão utilizar aquele veículo.

Dessa forma a apuração do resultado ficar mais precisa, mais perto da realidade e sem picos de despesa, picos de valores.

O balanço comercial é uma dos melhores recursos quando falamos de gestão de supermercados. É uma ferramenta poderosa e que pode ajudar muito na gestão do seu negócio e melhoria dos seus resultados.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *