Não é somente de descontos que vive um supermercado. É evidente que ser agressivo no preço chama cliente, mas agressividade demais com perdas mal controladas pode levar sua empresa a um problema sério de fluxo de caixa. A precificação no supermercado deve ser levada á sério.

Para evitar esta situação basta seguir estes 3 passos simples:

1 – Feeling é importante. Mas sem software de gestão você vai errar na Compra

O bom supermercadista tem um feeling apurado. De bater o olho em uma prateleira consegue saber o que vende, o que agrada seu público, etc… Porém, para melhorar sua rentabilidade só existe duas formas: comprar e vender o melhor possível.

Um bom software de gestão te dará a opção de fazer pesquisa de preço em concorrentes e entregar esta informação de forma simples a sua equipe de compras, para que eles possam entender se o fornecedor está ofertando uma boa condição na hora do pedido.

Sem uma compra eficiente seu preço de venda consequentemente será ruim, dificultando o giro e aumentando sua chance de perdas.

2 – Gestão de Mix e Margens

Um produto A é o campeão de vendas e está sendo vendido por 3,00 e te entrega uma margem bruta de 35%. O produto B é vendido por 2,10 e te entrega uma margem bruta de 40%. Ambos os produtos possuem qualidade e público similares. Pergunta: porque vender o produto B por 2,10?

A precificação no supermercado é muito importante

Não faz sentido deixar o produto B, segundo no ranking de vendas com preço tão distante do produto A, pois o cliente que entrar para comprar o A talvez não compre o B por falta de confiança. Mas se o produto B estiver por 2,75 por exemplo existe grande chance do cliente considerar comprá-lo, aumentando ainda mais sua rentabilidade.

Claro que ajustar esta situação requer tentativa, medição e correção de erros. Mas gerir as margens de produtos similares é uma excelente fonte de lucratividade e muitas vezes mal explorada ou negligenciada nos supermercados.

3 – Pesquisa de Preços nos Concorrentes

Qualquer estratégia de precificação irá por água abaixo se você não pesquisar o preço que seus concorrentes praticam. É necessário saber qual a percepção geral feita pelos clientes em cada região onde há uma loja de sua rede.

Como já dissemos acima a pesquisa de preços não é importante apenas para definir seu preço de venda; ela é fundamental para definir seu preço de compra, uma vez que preços baixos praticados pela concorrência levam fornecedores a se explicarem e equiparar condições. Se você não tem esta informação como cobrar de seu fornecedor condições mais efetivas?

Sabemos que a dinâmica do supermercadista é bem intensa, mas temos um grande aliado dentro da sua loja, o seu software de gestão.

Milhares de produtos, diversos fornecedores aparecem todos os dias, mas como fazer a precificação no seu supermercado de forma correta? Manualmente é impossível você ter um controle eficaz, mas com o seu software é possível transformar a rentabilidade do seu supermercado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *